Gratidão é ter aposentadoria paga dentro do mês

Escrito por Caroline Santos Ligado .

“A maior gratidão que o governo Belivaldo deveria ter conosco é pagar nossas aposentadorias dentro do mês”, a fala da professora aposentada Ana Geni Andrade, diretora do Departamento de Aposentados do SINTESE resume o sentimento das professoras aposentadas que estiveram na manhã desta quarta, 13, no evento promovido pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura de agradecimento professores e servidores recém-aposentados.

“É uma crueldade do secretário de Educação e do Governo Belivaldo Chagas fazer esse tipo de evento, pois agora os nossos colegas vão passar pelo que nós estamos passando desde 2015”, afirmou a professora aposentada Márcia Marize Gama Bispo.

Com cartazes dizendo “Cumpra a determinação da Justiça, pague dentro do mês”, “Gratidão é respeitar direitos” e “Gratidão se demonstra com respeito” e com falas “bem-vindos ao clube dos salários atrasados” as professoras protestaram pelo atraso no pagamento das aposentadorias e pensões que começou no governo Jackson Barreto em 2015 e continua na gestão de Belivaldo Chagas.

“Não temos tranquilidade, cada mês recebemos em um dia diferente. Não há planejamento financeiro que resista a esse descaso. É assim que o Governo do Estado agradece aos quase 30 anos que passei em sala de aula?”, questiona a professora Ana Lúcia Santos, educadora aposentada de Itabaiana.

Decisão judicial

Há decisão judicial obrigando o Governo do Estado a fazer o pagamento das aposentadorias e pensões do magistério até o dia 30 de cada mês, mas o governo Belivaldo Chagas ignora a decisão e continua atrasando o pagamento.

"Que tipo de gratidão é essa? Isso não é gratidão, é mangação com cara dos professores e professoras que estão se aposentando e com aqueles que já estão aposentados", diz o texto do panfleto que foi distribuído durante o evento.