Desrespeito: Prefeito de Poço Verde descumpre promessa com magistério e corta salários

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Redes Municipais


Ao fazer a cobrança do pagamento dos salários de dezembro, os professores de Poço Verde tiveram a promessa do prefeito Everaldo Iggor Santana de Oliveira de que este seria pago no dia 10 de janeiro, mas descumprindo o que tinha acordado com o sindicato só fez o pagamento nesta sexta, dia 11 e para surpresa dos professores e professoras o salário foi pago com cortes nas gratificações (como o triênio e a gratificação de 1/3 por tempo de serviço).

Indignados com a situação, a categoria se reuniu em assembleia e decidiram que o SINTESE irá impetrar mandado de segurança para garantir o pagamento dos direitos do magistério. Que seja solicitada uma nova audiência ao prefeito para cobrar quando as gratificações cortadas serão pagas, como será o pagamento do salário de janeiro e o reajuste do piso para 2019.

Após o agendamento da audiência, o magistério de Poço Verde se reúne em nova assembleia para deliberar sobre novas ações de luta para garantia dos direitos dos professores e professoras.