Imprimir

CUT Nacional lança Núcleo Educação e o Mundo do Trabalho

Escrito por Érica Aragão - CUT Nacional Ligado . Publicado em Nacional

A Secretaria Nacional de Formação, em parceria com as entidades CUTistas especialistas no tema, como CNTE,  ConfetamContee, Setor Acadêmico e representantes da CUT no Sistema S e CODEFAT lançaram nesta terça (15), em São Paulo, o Núcleo Educação e o Mundo do Trabalho. O Grupo de Trabalho (GT) terá como principal objetivo subsidiar a definição de estratégias da CUT no campo da Educação profissional.

“A CUT precisa definir quais serão as ações de enfrentamento contra este governo golpista de Michel Temer na questão da educação e nada mais justo que unir todos e todas CUTistas em torno deste tema”, explicou a secretária Nacional de Formação, Rosane Bertotti.

O governo ilegítimo de Michel Temer acabou com espaços de participação social dos movimentos organizados na construção de políticas públicas, ataca todos os dias os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, aprovou uma Emenda Constitucional que congela por 20 anos os recursos para saúde e educação, reformou o ensino médio sem discussão nenhuma com a sociedade civil, abrindo oportunidades para privatização da educação, entre outras.

No contexto de crise econômica e política, de ataque sem precedentes aos direitos sociais, trabalhistas e de seguridade social, o discurso conservador do empresariado é o de responsabilizar os trabalhadores pelo desemprego, culpabilizando os mais precarizados por não ter 'qualificação profissional'. 

Bertotti destaca que sem a criação de políticas públicas eficazes capazes de garantir maior geração de emprego e renda jamais sairemos desta crise.

“Com a criação do ‘Núcleo Educação e o Mundo do Trabalho’ a CUT retoma com vigor esse debate para enfrentar esse contexto de retrocessos, preparar nossa rede de formação, nossos dirigentes a intervir na disputa por uma formação profissional de interesse da classe trabalhadora, que garanta o desenvolvimento social dos trabalhadores, de suas famílias, enfim do povo brasileiro”, destacou a secretária.

A secretária Nacional de Formação adjunta, Sueli Veiga lembrou que a CUT tem tem uma longa história no debate da formação profissional e complementa dizendo que o movimento sindical CUTista entende a importância da educação integral.

“Para nós, formação profissional não está dissociada da educação em sua integralidade, na qual trabalhadores e trabalhadoras, adquirem formação política para a vida, cidadania plena e formação profissional”, finalizou.