Imprimir

Professores do Colégio Estadual Gonçalo Rollemberg Leite denunciam imposição de centro experimental

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Rede Estadual

Docentes denunciam que a comunidade escolar não foi ouvidaDocentes denunciam que a comunidade escolar não foi ouvida

Professoras e professores do Colégio Estadual Gonçalo Rollemberg Leite procuraram o SINTESE para denunciar que a Secretaria de Estado da Educação - SEED quer transformar o colégio em centro experimental de ensino médio sem fazer consulta a comunidade escolar.

Os educadores e educadoras foram surpreendidos com uma matéria publicada no site da SEED informando que a comunidade escolar teria demonstrado interesse que a escola se transforme em centro experimental de ensino médio.

“A comunidade escolar não foi consultada sobre o interesse da SEED em transformar a escola em centro experimental, por isso nos causou surpresa o anúncio da secretaria”, aponta a professora Viviane Almeida.

Segundo os docentes  representantes da Diretoria de Educação de Educação – DEA estiveram na unidade de ensino e se reuniram com a coordenação da escola, pedagogas e dois estudantes e apresentaram a proposta. Ou seja, nem sequer o Conselho Escolar foi acionado.

Outro problema é que nem mesmo o próprio Conselho Escolar está completo. Há vacância na representação dos professores e dos funcionários.

O SINTESE irá buscar audiência com a DEA e acionar o Ministério Público. “A SEED continua a insistir em implantar centros experimentais quando já se tem dados da ineficácia de tal modelo. Seja no número baixo de matrículas e consequentemente na queda de recursos, seja na negação do direito a Educação daqueles que não se enquadram no modelo. É preciso que estudo, debate e que, principalmente, as comunidade escolares sejam ouvidas. Com essa insistência a SEED só traz o caos para a educação da rede estadual ”, disse o professor Joel Almeida, diretor de Comunicação do SINTESE.