Imprimir

Professoras e professores aderem à paralisação nacional do dia 10 de novembro

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Rede Estadual

Professoras e professores da rede estadual e de 74 redes municipais aderem a paralisação nacional dia 10 de novembroProfessoras e professores da rede estadual e de 74 redes municipais aderem a paralisação nacional dia 10 de novembro

Categoria em Sergipe se junta aos demais trabalhadores e trabalhadoras em dia de mobilização contra a reforma trabalhista.

Em assembleia unificada realizada nesta segunda, 06, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe professores e professoras da rede estadual e das 74 redes municipais filiadas ao SINTESE (a rede municipal de Aracaju é filiada ao Sindipema) deliberaram aderir à paralisação nacional contra a reforma trabalhista que acontece dia 10 de novembro. O magistério atende a convocação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e da Central Única dos Trabalhadores.

O dia será marcado por mobilizações em todo o país contra a reforma trabalhista (que entra em vigor no dia 11). Em Sergipe ato público está marcado a partir das 15h na Praça Getúlio Vargas (onde fica a OAB).

Além das ações para o dia 10 de novembro a assembleia unificada também encaminhou ações de luta na resistência contra o modelo de ensino médio em tempo integral implantado pela SEED, convocou a categoria a participar da audiência pública que ocorrerá no Tribunal de Contas e também sobre a questão da progressão vertical para os novos concursados.

Previdência estadual

No próximo dia 14, a partir das 8h no auditório do Tribunal de Contas de Sergipe acontece audiência pública sobre a questão previdência estadual com a professora doutora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mirelli Malaguti. A estudiosa irá apresentar propostas de capitalização do fundo.

Um debate no dia 21 de novembro a partir das 8h na Assembleia Legislativa. “Vamos debater com as escolas que já funcionam com a modalidade e as que estão previstas pela SEED o modelo de ensino médio em tempo integral que está sendo implantado em Sergipe de forma autoritária pela gestão de Jorge Carvalho”, aponta a presidenta do SINTESE, Ivonete Cruz.

Retomada da carreira

Foi informado que no próximo dia 17 acontecerá quarta audiência entre SINTESE e a Secretaria de Planejamento Orçamento e Gestão – SEPLAG sobre o processo de retomada da carreira. “Esperamos que esta seja uma audiência em que discutamos a retomada da carreira, pois a cada dia a situação está mais drástica para os professores da rede estadual que estão há três anos consecutivos sem reajuste”, disse a presidenta.

Plenária

O sindicato realiza dia 30 de novembro (com horário e local a definir) plenária com os professores e professoras do último concurso que solicitaram progressão vertical e tiveram suas demandas negadas pela SEED.