Professores de Campo do Brito negociam Piso e terminam greve

Ligado . Publicado em Redes Municipais

Em mais uma reunião sobre a integralização do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) em Campo do Brito, nesta terça-feira, 14, comissão de negociação, administração e vereadores municipais discutiram nova proposta em que o Piso de R$ 1.187,09 estaria assegurado e seriam reduzidas algumas gratificações, como regência de classe e dedicação exclusiva.marcha28_CAPA4_384_255_90

Na avaliação de Nadja Milena, coordenação da sub-sede Agreste do SINTESE, “a proposta fugia da meta dos professores, não considerando o ano de 2010 e ainda tendo que reduzir alguns percentuais”. Mas, foi aprovada pela maioria do magistério em Assembleia realizada ontem, 15.

Nadja acrescentou que “a categoria ficará vigilante com relação aos recursos federais a fim de recuperar os percentuais perdidos”. Embora a negociação tenha mexido em alguns quesitos da carreira dos educadores, até então, o município era um dos poucos em Sergipe que ainda não cumpria o pagamento do Piso Nacional conquistado e assegurado por lei em 2008.

Como a proposta foi aprovada, ficou deliberado também o fim da greve, mas a luta continua: além de aguardarem reunião para discutir os retroativos referentes a 2011, os professores farão vigília agora à noite na Câmara para que o Projeto de Lei que estabelece o Piso seja aprovado o quanto antes.