Professores solicitam a PGE auditoria no Sergipe Previdência no dia 15

Escrito por sintese Ligado . Publicado em Rede Estadual

No dia 15 de outubro, dia do professor, educadores que estão na ativa e também aposentados da capital e interior vão protocolar ofício na Procuradoria Geral do Estado a solicitando auditagem no Sergipe Previdência no período de 1983 até os dias atuais. 
Outra solicitação dos educadores é que o governo do Estado adote uma política de capitalização do fundo previdenciário.

Antes disso os professores no Instituto Histórico e Geográfico para o recebimento das assinaturas do abaixo assinado onde é solicitada auditoria no órgão responsável pelas aposentadorias do funcionalismo público da rede estadual. 

A ideia do abaixo-assinado surgiu diante da preocupante situação do Sergipe Previdência e do descaso dos governos passados e do atual governo com o fundo previdenciário. A intenção é entregar o abaixo-assinado ao governador em exercício, Jackson Barreto, no dia 29 de outubro.

No abaixo assinado também é exigido que: o Conselho Deliberativo do Sergipe Previdência tenha participação paritária dos servidores, através de suas representações sindicais, órgãos de controle externo e Governo do Estado; que o Estado de Sergipe envie projeto de lei para Assembleia Legislativa solicitando autorização para leiloar bens imóveis de modo que os recursos arrecadados sejam para capitalizar o Fundo de Previdência Estadual; e que o Poder Judiciário, o Poder Legislativo, o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado voltem a assumir as despesas da folha de pagamento dos seus respectivos servidores aposentados.

“Esta luta não deve ser vista como algo que só diz respeito aos aposentados, que vêm sofrendo com os atrasos no recebimento de suas aposentadorias. Esta luta é de todos que contribuem para o Sergipe Previdência. Se nenhuma atitude for tomada agora, no futuro a situação pode ser mais grave do que a vivenciada hoje por nossos aposentados”, explica a presidente do SINTESE, Ângela Maria de Melo.

Foto: Professores solicitam a PGE auditoria no Sergipe Previdência no dia 15
No dia 15 de outubro, dia do professor, educadores que estão na ativa e também aposentados da capital e interior vão protocolar ofício na Procuradoria Geral do Estado a solicitando auditagem no Sergipe Previdência no período de 1983 até os dias atuais. 
Outra solicitação dos educadores é que o governo do Estado adote uma política de capitalização do fundo previdenciário.
Antes disso os professores no Instituto Histórico e Geográfico para o recebimento das assinaturas do abaixo assinado onde é solicitada auditoria no órgão responsável pelas aposentadorias do funcionalismo público da rede estadual. 
A ideia do abaixo-assinado surgiu diante da preocupante situação do Sergipe Previdência e do descaso dos governos passados e do atual governo com o fundo previdenciário. A intenção é entregar o abaixo-assinado ao governador em exercício, Jackson Barreto, no dia 29 de outubro.
No abaixo assinado também é exigido que: o Conselho Deliberativo do Sergipe Previdência tenha participação paritária dos servidores, através de suas representações sindicais, órgãos de controle externo e Governo do Estado; que o Estado de Sergipe envie projeto de lei para Assembleia Legislativa solicitando autorização para leiloar bens imóveis de modo que os recursos arrecadados sejam para capitalizar o Fundo de Previdência Estadual; e que o Poder Judiciário, o Poder Legislativo, o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado voltem a assumir as despesas da folha de pagamento dos seus respectivos servidores aposentados.
“Esta luta não deve ser vista como algo que só diz respeito aos aposentados, que vêm sofrendo com os atrasos no recebimento de suas aposentadorias. Esta luta é de todos que contribuem para o Sergipe Previdência. Se nenhuma atitude for tomada agora, no futuro a situação pode ser mais grave do que a vivenciada hoje por nossos aposentados”,  explica a presidente do SINTESE, Ângela Maria de Melo.