Prédio de escola municipal de Poço Verde está tomado por rachaduras

Escrito por sintese Ligado . Publicado em Redes Municipais

Desde janeiro de 2013 a direção da Escola Municipal Hildete Falcão, localizada na cidade Poço Verde, cobra, por meio de ofício, da Secretaria de Educação do município, vistoria na estrutura física da instituição de ensino. O prédio da escola, que atende alunos do Jardim de Infância, está tomado por rachaduras. A situação preocupa a comunidade escolar. 

Em uma das salas a rachadura toma mais da metade da parede, o que representa risco a professores e alunos. Apesar de ter passado por uma reforma em 2011, a escola necessita novamente de obras. 

Vistoria que não veio

Em um segundo ofício enviado ao Secretário Municipal de Educação de Poço Verde, no mês de abril, a direção da escola novamente pediu a vistoria do prédio. A Secretaria Municipal de Educação enviou uma resposta dizendo que durante o período das férias escolares realizaria a vistoria e as obras necessárias. A Secretaria afirmou que aguardaria as férias dos alunos para não atrapalhar o andamento das atividades escolares. 

No entanto, três meses se passaram desde as férias escolares e até agora nenhuma vistoria e nenhuma obra foram realizadas na Escola Municipal Hildete Falcão.

Foto: Prédio de escola municipal de Poço Verde está tomado por rachaduras
Desde janeiro de 2013 a direção da Escola Municipal Hildete Falcão, localizada na cidade Poço Verde, cobra, por meio de ofício, da Secretaria de Educação do município, vistoria na estrutura física da instituição de ensino. O prédio da escola, que atende alunos do Jardim de Infância, está tomado por rachaduras. A situação preocupa a comunidade escolar. 
Em uma das salas a rachadura toma mais da metade da parede, o que representa risco a professores e alunos. Apesar de ter passado por uma reforma em 2011, a escola necessita novamente de obras. 
Vistoria que não veio
Em um segundo ofício enviado ao Secretário Municipal de Educação de Poço Verde, no mês de abril, a direção da escola novamente pediu a vistoria do prédio. A Secretaria Municipal de Educação enviou uma resposta dizendo que durante o período das férias escolares realizaria a vistoria e as obras necessárias. A Secretaria afirmou que aguardaria as férias dos alunos para não atrapalhar o andamento das atividades escolares. 
No entanto, três meses se passaram desde as férias escolares e até agora nenhuma vistoria e nenhuma obra foram realizadas na Escola Municipal Hildete Falcão.