CUT/SE: Siri na Lata une protesto e irreverência na folia de momo

Escrito por sintese Ligado . Publicado em Cultural

Pelo sexto ano consecutivo, o bloco “Siri na Lata” vai às ruas de Aracaju para levantar as bandeiras de luta dos trabalhadores e trabalhadoras sergipanos. A iniciativa da Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE) utiliza o período do Carnaval, característico pela mobilização social, para pautar as reivindicações trabalhistas de forma irreverente e criativa. Este ano, o “Siri na Lata” vai às ruas na sexta-feira, 04 de março, com concentração a partir das 8h da manhã na Praça Fausto Cardoso.

O bloco “Siri na Lata” pretende reunir sindicatos, estudantes e movimentos sociais, cada um com liberdade e autonomia para levar suas bandeiras de luta para as ruas do Centro de Aracaju. Esse ano, entre os assuntos que serão destacados no Bloco estão: protesto contra o aumento da tarifa de ônibus, luta por uma política de valorização do salário mínimo, combate à degradação do meio ambiente e contra a instalação da Usina Nuclear em Sergipe, e repúdio ao retorno do conselheiro afastado Flávio Conceição às suas atividades no Tribunal de Contas do Estado.

Durante todo o percurso, o bloco carnavalesco dos trabalhadores sergipanos siri_na_lata_2011será acompanhado pela banda de frevo “Os Indomáveis”, carro de som e a famosa carroça da CUT, que representa o decadente transporte coletivo oferecido à população. “O Bloco Siri na Lata vem mostrar que o sindicalismo sergipano tem várias facetas para mostrar a sua indignação. No carnaval usamos a irreverência, o humor. Superamos a idéia de um sindicalismo embrutecido, para dialogar com o conjunto da sociedade aracajuana. Aproveitamos o ensejo e também nos divertimos muito, ao som das velhas marchinhas de carnaval” afirma Rubens Marques, professor Dudu, presidente da CUT/SE.

Serviço
O quê:
Bloco Siri na Lata
Quando: 04/03, às 8 horas da manhã
Onde: Praça Fausto Cardoso, Centro de Aracaju