Carmópolis: superlotação no transporte escolar

77

Ver crianças e adolescentes subindo num ônibus escolar para irem à escola é uma cena prazerosa, mas testemunhar os estudantes da cidade de Carmópolis irem e voltarem da escola amontoados em um ônibus velho e deteriorado é de causar desespero.

Na foto, vemos alunos e alunas do povoado Aguada num ônibus escolar tão lotado que meninos e meninas vão sentados no painel do veículo, encostados no para-brisa. E, segundo professor Gilvanir Mendes, da Subsede Regional Vale do Cotinguiba do SINTESE, esta cena faz parte do dia a dia do transporte escolar da cidade. “Infelizmente, nossas crianças e adolescentes são expostos a riscos todos os dias para poderem estudar. Esta é uma cobrança diária de nosso sindicato”, disse o professor.

Segundo ele, muitos alunos não conseguem chegar a tempo para a aula, pois precisam esperar a próxima viagem do transporte para conseguirem chegar à escola. “Mesmo viajando amontoados, ainda chegam atrasados na escola”, comentou o dirigente.

“O SINTESE volta a cobrar da Prefeitura de Carmópolis uma solução, antes que uma tragédia aconteça”, alerta.