Do Santos Dumont ao Bugio: Ato Cultural de Luta 1° de Maio da Classe Trabalhadora

189

No Domingo, a concentração é a partir das 8h na Pça Ulysses Guimarães no Bairro Santos Dumont

Por Iracema Corso – CUT/SE

O Ato Cultural de Luta 1° de Maio da classe trabalhadora será no domingo a partir das 8h da manhã, a concentração é na Praça Ulisses Guimarães no Bairro Santos Dumont. De lá sairá a Marcha da Classe Trabalhadora por Direitos, Emprego, Vida e contra o Governo Genocida de Bolsonaro até o Gbarbosa do Bugio.

Várias apresentações culturais vão marcar o protesto do 1º de Maio em Sergipe, na concentração e durante todo o percurso. Já estão confirmados os shows de Daniel Nanume, Rafael Oliva, Paulo Groove e Roque Sousa.

Em todo o mundo, o dia 1º de Maio, Dia Internacional da Trabalhadora e do Trabalhador, é o dia da união dos diferentes tipos de trabalhadores na luta por valorização, respeito aos direitos conquistados. No Brasil, várias manifestações estão confirmadas. Acesse o link para o site da CUT Brasil e confira quais outras cidades farão protesto neste 1º de maio.

Todo dia é dia de lutar por um País justo, sem desemprego, sem fome, miséria, carestia. Mas no domingo de 1° de maio as trabalhadoras e trabalhadores de Sergipe vão lutar por democracia e denunciar a exploração de trabalhadoras e trabalhadores que constroem diariamente as riquezas do Brasil.

Este é o 1º de maio de reafirmação da luta da classe trabalhadora. Pela reconquista dos direitos destruídos após os governos golpistas de Temer, Bolsonaro e Belivaldo.

Participe da construção do 1º de Maio, nesta sexta-feira tem panfletagem às 8h30 na região vizinha ao Gbarbosa, no fim de linha do Bugio; no sábado, no mesmo horário, a panfletagem será no terminal da Maracaju, no bairro Santos Dumont.

Na concentração, também haverá coleta de alimentos não perecíveis e roupas usadas para doação à população em situação de vulnerabilidade social. Portanto se puder contribuir doando alimentos ou roupas usadas, toda colaboração é bem-vinda.

O Ato Cultural de Luta 1° de Maio da Classe Trabalhadora é organizado pela CUT, CTB, CSP-Conlutas, UGT, Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo.

Por Empregos, direitos, democracia e vida!