Graccho Cardoso: situação do magistério segue sem definição

150

Professoras e professores da rede municipal de Graccho Cardoso fizeram, na manhã de hoje, dia 12 de março, paralisação e vigília na prefeitura da cidade, conforme definido em assembleia geral local realizada no dia 29 de fevereiro.

A pauta é a mesma: cobrança do projeto de lei que reajusta o piso em 25%, aprovado pela categoria em assembleia no mês novembro, bem como do pagamento do terço de férias referente ao ano de 2024.

A gestão municipal atendeu os representantes da categoria e informou que, na próxima sexta-feira, dia 15 de março, realizará nova audiência para apresentar a proposta do reajuste do piso de 25% e do terço de férias. O magistério de Graccho Cardoso e o SINTESE seguem firmes nessa luta.