Magistério de Japaratuba busca atualização salarial

327

Professoras e professores da rede de ensino da cidade de Japaratuba se reuniram ontem, 30 de janeiro, em assembleia geral local para definir ações de luta para atualização salarial da categoria.

No último dia 27 de janeiro, foi sancionada a lei municipal que aplica a atualização do piso nacional do magistério no percentual de 3,62%. O problema é que este índice foi aplicado em cima de um piso defasado.

“A prefeitura não atualizou o piso nos anos de 2021 e 2022. Em 2023, o percentual definido pelo MEC foi de 14,95% e a prefeitura deu apenas 10% em cima do valor do ano de 2020. Já são quatro anos de defasagem”, disse Rita de Cássia Oliveira, diretora da Subsede Regional Vale do Cotinguiba do SINTESE.

A categoria decidiu ir até a sede da prefeitura para dialogar com a prefeita Lara Moura. Foram informados de que a prefeita não estava presente, mas a equipe do gabinete ficou de agendar esta audiência.

“Esta situação já passou de todos os limites e não tem como perdurar. Isso precisa ser resolvido urgentemente e seguiremos firmes na luta”, destacou Ivonia Ferreira, vice-presidenta do SINTESE, que acompanhou a categoria na assembleia e na ida à prefeitura.