Nota de Repúdio ao assassinato do cidadão negro Genivaldo de Jesus

401

O Coletivo Antiracismo do Sintese repudia o assassinato do cidadão negro Genivaldo de Jesus, cometido pela Policía Rodoviária Federal em uma abordagem no dia 25/05 na cidade sergipana de Umbaúba.

Percebe nessa desastrosa ação métodos nazistas como prática de extermínio contra a população negra difundido pelo então governo Bolsonaro.

Tal atrocidade configura-se como desrespeito à dignidade humana e como banalização da vida.

Logo, REPUDIAMOS, de forma veemente, o ato brutal cometido pela Polícia Rodoviária Federal entendendo que todos têm direito a vida, a defesa e a um julgamento justo.