Poço Redondo: audiência com MP e indicativo de paralisação

125

Professoras e professores de Poço Redondo se reuniram em assembleia geral local, na manhã de hoje, 2 de abril. A categoria vai cobrar, mais uma vez, audiência com a gestão municipal para discutir pautas pedagógicas, chamada pública, precariedade das escolas municipais e atualização de piso salarial.

Com o piso defasado desde 2022 – e com ação judicial referente a este ano -,  a prefeita da cidade, Aline Vasconcelos, aplicou um reajuste de 5% no mês de março, mas ainda está longe dos R$ 4.580, 57 do piso nacional do magistério.

Além de cobrar nova audiência com a prefeitura, a categoria aguarda definição de reunião com o Ministério Público, que deve acontecer na próxima semana. No próximo dia 12 de abril, professoras e professores voltam a se reunir em assembleia com indicativo de paralisação, caso não haja avanço na pauta de reivindicações.