SINTESE aciona TCE-SE para que Carmópolis pague 13º imediatamente

117

O SINTESE protocolou há pouco ofício ao conselheiro Luiz Augusto Carvalho Ribeiro, do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE-SE) para que solicite à Prefeitura de Carmópolis o pagamento imediato da segunda parte do 13º salário de 2023.

A prefeitura da cidade informou que o pagamento será feito no dia 30 de janeiro. “É inaceitável este tipo de situação. É um desrespeito a trabalhadoras e trabalhadores, que tiveram sua vida financeira atingida por este descaso por parte da gestão municipal”, disse Roberto Silva, presidente do SINTESE.

Vale lembrar que, por lei, o 13º salário deve ser pago até o dia 20 de dezembro. “Ou seja, a prefeitura quer pagar o 13º com mais de um mês de atraso, desrespeitando a legislação. Por isso a necessidade de se acionar a intervenção Tribunal de Contas de Sergipe”, observou.

No ofício, o SINTESE pede ainda que o TCE-SE alerte ao município que este pagamento não pode ser feito com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). “A lei é muito clara quanto a isso. O recurso do Fundeb deve ser usado com despesas do ano corrente. A verba de 2024 só pode ser usada para pagamentos referentes a 2024. O município deve usar outros recursos para este pagamento”, comentou Roberto.