SINTESE consegue reabrir diálogo e negociação com prefeitura da Barra dos Coqueiros sobre atualização do Piso

120

Não há dúvidas que a luta empreendida por professoras e professores da Barra do Coqueiros, ao logo destes últimos meses, foi fundamental para que o prefeito, Alberto Macedo, voltasse a dialogar com o SINTESE no intuito de cumprir com o que determina a Lei do piso salarial do magistério e atender a outras pautas e demandas da categoria.

Diante desse cenário, o presidente do SINTESE, professor Roberto Silva, as diretoras do departamento de bases municipais do SINTESE, Emanuela Pereira e Vera Lúcia e a assessoria política do Sindicato, foram recebidos em audiência pelo prefeito, Alberto Macedo, na quarta-feira, dia 27, a partir intermediação do Senador Rogério Carvalho. O objetivo da audiência foi buscar avançar na negociação da atualização do piso salarial, conforme preconiza a Lei.

O prefeito expôs algumas dificuldades financeiras devida à queda de arrecadações pelo município. No entanto, se comprometeu a novamente receber o SINTESE em audiência na próxima sexta-feira, dia 6 de outubro, para apresentar uma proposta sobre a atualização do piso. A audiência ficou marcada para às 8h, no gabinete do Senador, em Aracaju.

O presidente do SINTESE, professor Roberto Silva, espera que de fato haja avanço na pauta e faz questão de destacar a importância da luta das professoras e professores da Barra dos Coqueiros.

“Quero parabenizar as professoras e professores da Barra dos Coqueiros pela luta e resistência que construíram no município ao logo de 2023 e lembrar, sempre, que somente através da luta é que temos conquistas e fazemos valer nossos direitos. Esperamos, que a partir desta audiência, de fato haja compromisso da gestão do prefeito Alberto Macedo e que aconteçam avanços efetivos no processo de valorização do magistério da Barra”, coloca o presidente.

Concurso

Outra pauta discutida na audiência entre o SINTESE e a gestão da Barra dos Coqueiros foi a convocação de mais concursados para o preenchimento de vagas na rede municipal de ensino. O prefeito não estipulou uma data, mas assegurou que em breve irá convocar mais um grupo de professoras e professores para assumirem suas vagas.