SINTESE convoca filiadas e filiados para primeira assembleia unificada de 2024

350

O ano recomeça e com ele também as nossas lutas. Para seguir firmes e com propósito é necessário, planejar, encaminhar e pensar os rumos que iremos tomar para alcançar conquistas e vitórias. Por isso, o SINTESE convoca professoras e professores da Rede Estadual de Ensino e das Redes Municipais de Ensino a estarem presentes na primeira assembleia da nossa categoria em 2024.

A assembleia acontece na quarta-feira, dia 6 de março, às 9h, no Cotinguiba Esporte Clube, em Aracaju.

“É um momento de refletir e tomar decisões coletivas sobre as lutas de mais um ano. Um espaço importante em que vamos também construir as lutas do Março Vermelho, uma deliberação do nosso Congresso, do ano passado, que estabeleceu que março será um mês de muita luta e intervenções das professoras e professores, tanto da Rede Estadual de Ensino, como das redes municipais. Esperamos que professoras e professores compareçam em massa porque como dizemos sempre: o tamanho da nossa vitória é do tamanho da nossa luta. E para lutar grande precisamos planejar, debater, pensar e precisamos fazer isso juntos. Esperamos vocês”, faz o chamamento o presidente do SINTESE, professor Roberto Silva.

Março Vermelho

Fazer do mês de março um mês de luta do magistério sergipano. Esta é a proposta do “Março Vermelho, uma grande ação e mobilização em defesa dos direitos do magistério e da educação pública. O Março Vermelho foi pensado e deliberada por delegadas e delegados do XVIII Congresso das(os) Trabalhadoras(es) em Educação, organizado pelo SINTESE, que aconteceu entre os dia 9 e 11 de novembro de 2023, em Aracaju.

O objetivo do “Março Vermelho” é unir professoras e professores da rede pública de ensino em Sergipe, em um mês dedicado à cobrança e ações de reivindicação pela valorização da profissão do magistério e pela atualização do piso salarial.

“O Março Vermelho é uma grande campanha em que teremos vários momentos de luta em todo o estado. Esperamos com isso sensibilizar a sociedade e os gestores, tanto do estado como dos municípios de Sergipe, para a importância da valorização dos professores; gerar apoio à causa junto a sociedade, além de alcançar conquistas concretas em relação à atualização do piso salarial, valorização do magistério, melhores condições de trabalho para professoras e professores e educação de qualidade social para os filhos das trabalhadoras e trabalhadores do nosso estado”, aponta a vice-presidenta do SINTESE, professora Ivônia Ferreira.

Pauta da assembleia

Veja abaixo qual será a pauta da nossa primeira assembleia unifica de 2024:

1- Informes gerais

2 – Encaminhamentos de lutas frente a negociação de atualização do Piso Salarial Profissional Nacional 2024 na carreira na Rede Estadual e nas Redes Municipais;

3- Encaminhamentos sobre “Março Vermelho do SINTESE”, aprovado no XVIII Congresso Estadual do SINTESE;

4- Deliberação de lutas das(os) professoras(es) pedagogas(os), diante da ameaça de criação do Conselho profissional das(os) Pedagogas(os)

5- O que ocorrer.