SINTESE participa de reunião com estudantes, professores e DEA sobre a situação do C. E. Santos Dumont

364

Na manhã da última sexta, dia 03, aconteceu uma reunião entre estudantes, professores, equipe diretiva do Centro de Excelência Santos Dumont, o SINTESE e a gestora da Diretoria de Educação de Aracaju – DEA.

Na pauta, a situação da unidade de ensino que está em reforma e, com isso, os estudantes estão tendo aulas na quadra da escola e os demais trabalhadores dividem uma sala com material de limpeza e demais documentações.

Semana retrasada denunciamos as péssimas condições as quais os estudantes, professores, equipe diretiva e funcionários estão sendo submetidos.

Na reunião de hoje, um grupo de estudantes colocou que está impossível continuar como está. “Não dá mais para continuarmos assim é um desrespeito com todos que fazemos a escola”, disse o estudante do terceiro ano Sadraque Silva.

Atualmente há um revezamento entre aulas presenciais e remotas, mas os estudantes colocam que nem todos têm acesso. “Somos três turmas do terceiro ano, mas nas aulas online aparecem nove ou dez. A maioria não tem como acessar as aulas, por falta de celular ou até mesmo pela internet que é ruim”, disse Nayara Alana, estudante do segundo ano.

Para o presidente do SINTESE é preciso encontrar uma solução que amenize a situação vivida pela comunidade escolar, e rápido., pois são inaceitáveis as condições as quais a comunidade escolar está sendo submetida. “É ruim para o trabalho dos professores, da equipe diretiva e, principalmente, para os estudantes”, disse Roberto Silva dos Santos.

A diretora da DEA, Gilvânia Guimarães informou a Seduc já está em tratativas finais para que, finalmente, um prédio seja alugado e a escola possa funcionar em local com o mínimo de condições. Até a próxima sexta, dia 10, a comunidade escolar deve ter uma resposta concreta.