Barra dos Coqueiros: Professores abordam prefeito e cobram agendamento de audiência

321

Na manhã de hoje, 24, na inauguração da Escola Municipal Maria do Céu, integrantes da comissão de negociação do SINTESE no município de Barra dos Coqueiros abordaram o prefeito Alberto Macedo e cobraram o agendamento de audiência.

Desde janeiro que o sindicato tenta agendar audiência com o gestor municipal barracoqueirense para tratar do pagamento da atualização do piso do magistério em 2022. No sábado, dia 20, os professores encontram o prefeito no povoado Jatobá e o mesmo informou que até ontem, dia 23, agendaria audiência. Como nenhum ofício chegou ao sindicato, uma nova abordagem foi feita.

Audiências com o secretário de Educação já aconteceram, mas foram infrutíferas, pois quem toma a decisão final é o prefeito.

“Não estamos exigindo nada além do nosso direito, atualização do piso é lei e precisa ser cumprida. Há, inclusive, condições financeiras para fazê-la, os motivos pelos quais ainda não foi implementada são desconhecidos para nós”, afirma Emanuela Pereira, diretora do Departamento de Bases Municipais do SINTESE.

O piso salarial do magistério é garantido para professores e professoras, da rede pública de todo o Brasil, desde 2008, pela Lei Nacional 11.738. A Lei determina que o piso deve ser atualizado anualmente, sempre no mês de janeiro. É também importante destacar que a atualização deve ser feita assegurando os direitos da carreira e cumprindo decisões do STF e STJ.

No sábado, dia 20, professores cobraram agendamento de audiência em evento no povoado Jatobá