Professores e professoras de Itaporanga seguem em luta pela atualização do piso salarial

424

Mais uma audiência entre direção executiva do SINTESE, comissão de negociação do Sindicato e gestão municipal de Itaporanga D’Ajuda aconteceu na manhã desta sexta-feira, dia 10, para tratar sobre a atualização do piso salarial.

O secretário municipal de educação, se comprometeu a encaminhar, ofício ao SINTESE, até a próxima segunda-feira, dia 13, no qual a administração de Itaporanga vai apresentar proposta para o pagamento do percentual de 33,24%, relativo à atualização do piso salarial para professores e professoras, para o ano de 2022.

Assim que o ofício chegar ao SINTESE será marcada assembleia com a categoria para apresentar a proposta da gestão municipal.

“Esperamos que a proposta cumpra com o percentual de 33,24%, assegurado a professores e professoras por Lei, sem rebaixar ou retirar direitos conquistados por nossa categoria. O SINTESE, como sempre, se coloca aberto ao diálogo e negociação, mas não vamos admitir perda de direitos”, afirma a vice-presidenta do SINTESE, professora Ivônia Ferreira

Como sempre, vale lembrar que o piso salarial é assegurado a professores e professoras da rede pública de todo o Brasil, desde 2008, pela Lei Federal 11.738, que diz que o piso deve ser atualizado anualmente, sempre em janeiro. A atualização deve ser feita de forma automática e assegurando os direitos da carreira, cumprindo também decisões do STF e STJ.