Professores e professoras de Poço Redondo paralisam atividades por três dias

533

Mais uma vez professores e professoras da rede municipal de Poço Redondo paralisam suas atividades. Diante da negação de direitos e da falta de compromisso da prefeita Aline Vasconcelos, agora a categoria cruza os braços por três dia (25, 26 e 27 de maio – quarta, quinta e sexta)

No último dia 17 de maio os professores e professoras já tinham paralisado suas atividades. Na ocasião, a prefeita se comprometeu a dar uma resposta até o dia 20 de maio sobre a contraproposta enviado pelo SINTESE, em relação ao pagamento da atualização do piso salarial de 2022.

Mas o dia 20 chegou e nenhuma resposta veio com ele. Não é a primeira vez que a prefeita dá sua palavra e descumpri o seu compromisso com os professores e professora de Poço Redondo, inclusive, este também foi o motivo da paralisação realizada no dia 17.

É importante lembrar que os professores e professoras deveriam ter tido o piso salarial atualizado em janeiro, conforme preconiza a Lei Nacional 11.738. Esta Lei garante, desde 2008, a professores e professoras da rede pública de todo Brasil, a atualização anual do piso salarial, sempre em janeiro, e respeitando os direitos existentes na carreira do magistério.

Infelizmente, a gestão da prefeita Aline Vasconcelos, mais uma vez escolhe a via do ‘não diálogo’ para seguir sem cumprir a Lei e desrespeitar o direito de professores e professoras de Poço Redondo.

“É lamentável que professores e professoras tenham mais uma vez que paralisar suas atividades para tentar que a gestão municipal nos receba e nos dê respostas. Não estamos pedindo um favor, estamos lutando por um direito assegurado por Lei e que deve ser cumprido. Ao não dar qualquer resposta, ao optar pelo silêncio, a prefeita Aline, demonstra o seu descaso com os professores e com a educação de Poço Redondo. O SINTESE segue aberto ao diálogo. Pedimos a compreensão e apoio de mães, pais, responsáveis e estudantes e reafirmamos o nosso compromisso com a educação do município e com a reposição destas aulas”, afirma o coordenado geral do SINTESE na região do Alto Sertão, Cloverton Santos.  

Agenda de Luta

Nos três dias de paralisação professores e professoras faram mobilização pelas ruas da cidade e nos povoados para dialogar com a população sobre os problemas enfrentados pelo magistério municipal de Poço Redondo

Veja a agenda de luta

25/05 (quarta-feira) 08h:30- Café da manhã em frente a prefeitura

26/05 (quinta-feira) 08h – Ato nos povoados Santa Rosa e Sítios Novos

28/05 (sexta-feira)  08h – Panfletagem na feira municipal de Poço Redondo