Mais uma vez a UFS censura o direito a vaga ao professor Ilzver.

223

Mais uma vez a UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE censura o direito a vaga ao professor Ilzver.

Uma vergonha o que acontece na UFS. Algumas questões nos inquietam, entre elas: O que impede um professor que passa em concurso público não tomar posse?

Infelizmente a resposta é: o racismo estrutural e institucional instalado no Departamento de Direito da UFS.

É evidente o racismo e a intolerância religiosa diante do candidato aprovado ser negro, candomblecista, estudioso dos direitos humanos e das religiões de matriz africana.

O Coletivo de Combate ao Racismo do SINTESE e a Secretaria de Combate ao Racismo da CUT repudiam o fato da UFS recusar o cumprimento da política de cotas como preconiza a Lei Federal e dar posse ao professor que tem seu direito legítimo ao cargo.

Bem como, nos solidarizamos ao companheiro Professor Ilzver e o apoiamos na luta por fazer cumprir o que realmente é de Direito.

#avagaédeIlzver