Santa Luzia: professores paralisam atividades

95

A rede municipal de Santa Luzia do Itanhy está com as atividades paralisadas. A decisão foi tomada em assembleia geral local de 27 de fevereiro. A pauta de reivindicações é extensa.

O piso do magistério está defasado. Atualmente, professoras e professores da rede estão com piso de R$ 3.333,50, sendo que o piso nacional é de R$ 4.580,57. “Para recuperar o piso, a proposta dos trabalhadores e trabalhadoras foi de 37,41%. O prefeito Adauto Amor fez uma contraproposta de 11,86%. Ainda deixa uma defasagem enorme e isso não é justo com a classe trabalhadora”, observou a vice-presidenta do SINTESE, Ivônia Ferreira. “Além disso, a rede municipal apresenta problemas no transporte escolar e na alimentação escolar, que precisam ser resolvidos”, acrescentou.

Além da paralisação das atividades, professoras e professores da rede se reunirão em vigília logo mais, às 18 horas, na Câmara de Vereadores da cidade. “Não vamos admitir a continuidade desse desrespeito ao magistério e à sociedade. Esses problemas precisam ser resolvidos”, reforçou Ivônia.