ICMS: lei sancionada pelo governo tira 21 bilhões do Fundeb e impacta em aulas, obras nas escolas e salários

287

Depois de diálogos estaduais nas conferências, livres, intermunicipais, regionais, temáticas, municipais e distrital, a II Conferência Nacional Popular de Educação (Conape), acontecerá de 15 a 17 de julho de 2022, no Centro de Convenções de Natal (RN). O evento já registrou a inscrição de mais de 2500 delegadas e delegados de todo país.

>> Saiba mais: Sob Ataque, Conferência Nacional Popular de Educação Popular (CONAPE) vai debater futuro da educação no Brasil

Organizada pelo Fórum Nacional Popular da Educação (FNPE), a II Conape tem como lema “Educação pública e popular se constrói com democracia e participação social: nenhum direito a menos e em defesa do legado de Paulo Freire”. Entre os temas que serão discutidos na CONAPE de 2022 está a educação pública, popular e gratuita e uma profunda reflexão sobre qual projeto de nação e projeto de educação que o país precisa.

A atividade conta com uma Comissão de Sistematização e Metodologia que recebeu e tratou quase 3 mil contribuições para o documento Final da Conferência e a Carta de Natal. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte designou uma Comissão Local que se subdivide em três subcomissões: Infraestrutura do Centro de Convenções; Organização da Marcha e Ato Político Cultural; e Credenciamento e Orientação Local e Subcomissão de Comunicação e Atividades Artístico-Culturais. As subcomissões encaminham todas as dimensões para a realização da etapa nacional, em Natal (RN), em articulação com o FNPE.

Foram mais de 360 trabalhos inscritos, de todo o país, nas sessões de comunicação oral da conferência, sendo 260 aprovados para apresentação na Etapa Nacional. 159 deverão apresentar seus trabalhos presencialmente e, 101, de forma virtual. São trabalhos que dialogam com os eixos e temáticas da conferência.

“É um importante espaço de discussão e socialização sobre os desafios para a garantia do direito à educação em um contexto de reconstrução do país e que traz a reflexão sobre as experiências educacionais e escolares, acadêmicas, institucionais, das redes e sistemas de ensino, dos diversos movimentos sociais, das entidades sindicais e estudantis, dos movimentos pela diversidade, tratando dos desafios atinentes à materialização do Sistema Nacional de Educação e dos planos de educação (nacional, estaduais, distrital e municipais)” diz trecho do documento enviado pela Secretaria Executiva do FNPE especialmente para a reportagem da CNTE.

A Conape vai disponibilizar brinquedoteca para as crianças, com 120 monitores (estudantes de instituições de educação do estado) e um acampamento como alternativa de hospedagem.

Sobre a Conape
A Conape foi realizada pela primeira vez em 2018 por iniciativa do Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE) para contribuir de forma popular para o debate nacional da educação já que o governo da época desconstruiu o calendário da Conferência Nacional de Educação (Conae) de 2018 e desfigurou o Fórum Nacional de Educação (FNE), estabelecido pela lei do Plano Nacional de Educação (lei 13.005/2014).

A primeira edição da Conape ocorreu em Belo Horizonte (MG), de 24 a 26 de maio de 2018. Agora vamos à segunda edição, que será realizada em Natal (RN), de 15 a 17 de julho de 2022.

*Com informações da Secretaria Executiva do FNPE