Prefeitura deixa estudantes de dois povoados sem transporte em Maruim

104

Seus filhos terão transporte para estudarem na sede do município. Essa foi a promessa da prefeitura de Maruim as mães, pais e responsáveis dos estudantes dos povoados Gentil e Caititu.

Hoje, primeiro de março, começa o ano letivo na cidade. E percorrendo as escolas da sede do município percebe-se que diversos estudantes faltaram. As crianças dos dois povoados aguardaram o transporte nos pontos pré-determinados, mas ele não veio, causando sofrimento, revolta e indignação.

Ao buscar saber sobre os motivos pelos quais os veículos não foram buscar os estudantes, a professora Emanuela Pereira, que é diretora do Departamento de Bases Municipais do SINTESE e da integrante rede municipal, descobriu os dois ônibus parados, sem pneus. E até o momento não há informações sobre quando os veículos irão funcionar.

Ainda há a situação do povoado Oiteiros, pois o veículo destinado ao transporte foi insuficiente, causando superlotação.

“A gestão de Gilberto Maynart tem se notabilizado como uma descumpridora de promessas, as vítimas de hoje foram com os estudantes dos povoados Gentil, Caititu e Oiteiros. É preciso compromisso com o povo maruinense e deixar crianças esperando por um transporte prometido é crueldade”, afirma Emanuela.