Candidatos ao governo do Estado assinam carta compromisso com a Educação e os educadores no SINTESE

599

Na última quinta, dia 25, candidatos que disputam o governo do Estado estiveram na sede do SINTESE e assinaram a “Carta Compromisso pelo Direito à Educação e a Efetiva Valorização dos Profissionais do Magistério Público”.

Elinos Sabino (PSTU), Aroldo Félix (UP), Alessandro Vieira (PSDB), Niully Campos (PSOL), Valmir de Francisquinho (PL), Cláudio Geriatra (DC) e Rogério Carvalho (PT), já assinaram a carta.

A assessoria de Fabio Mitidieri esteve no sindicato, mas em função da agenda de campanha não foi possível a participação do candidato. O SINTESE está em contato com a assessoria para que Mitidieri possa comparecer ao sindicato e assinar o documento.

Considerando que a entidade irá realizar entrevistas no programa Sintese em Ação nos sábados do mês de setembro, o candidato do PSD tem até segunda, dia 29, para nos dar uma resposta ser virá assinar a carta.

A carta é uma construção do SINTESE com a participação dos professores e professoras e foi aprovada em assembleia realizada no dia 06 de julho.

O documento elenca oito compromissos (e as formas de como efetivá-los) a serem cumpridos pelos candidatos:

1. Garantir a atualização do Piso Salarial do Magistério, conforme estabelece os §§ 1º e 5º do art. 2º da Lei nº 11.738/2008, como vencimento inicial, com incidência em todos os níveis da carreira, assegurada a paridade entre os/as Profissionais do Magistério que estão em atividade e aposentados (as);

2. Priorizar a política de restauração da carreira dos(as) Profissionais do Magistério, com o reestabelecimento dos direitos que estavam contidos nas Leis Complementares nº 16/94 e 61/2001;

3. Adotar medidas fiscais e contábeis que corrijam as distorções existentes na gestão de pessoal e nas finanças públicas;

4. Democratizar a gestão do Sergipe Previdência e adotar medidas para capitalizar o Fundo de Previdência dos Servidores Públicos Estaduais;

5. Assegurar a gestão democrática do ensino na rede estadual, de modo a democratizar as políticas educacionais do Estado de Sergipe;

6. Assegurar o acesso universal ao direito à educação, ao ensino público de qualidade social, a educação inclusiva e o respeito aos estudantes como sujeitos de direito do processo de ensino e aprendizagem;

7. Assegurar o direito ao pleno funcionamento do IPESÁUDE;

8. Assegurar direitos que respeitam os Servidores Públicos Estaduais e garantam a sua dignidade.

Baixe e leia a carta compromisso clicando AQUI

Como representante dos professores e professoras das escolas estaduais e das 74 redes municipais, o SINTESE não poderia se furtar de apresentar o nosso pensamento e as nossas propostas para a Educação, de valorização dos profissionais e também em outras áreas que atingem o magistério.

“Para nós a vinda dos candidatos para assinar a carta compromisso é importante que quem for eleito governador ou governadora tem que ter como norte o diálogo com os professores e professoras, pois estamos no chão da escola e temos propostas para reconstruir a valorização do magistério e desenvolver uma educação pública de qualidade para os sergipanos e sergipanas”, disse o presidente do SINTESE, Roberto Silva dos Santos.

Entrevistas no programa Sintese em Ação

Outra iniciativa do SINTESE é realizar entrevistas com os candidatos ao governo do Estado no programa “Sintese em Ação” que acontece aos sábados das 8h às 10h na Rádio Jornal.
Na próxima segunda, 29, às 14h, acontece reunião no sindicato com as assessorias das candidaturas para que as regras da entrevista sejam apresentadas e também seja realizado o sorteio da ordem dos candidatos.

As entrevistas acontecem nos dias 03, 10, 17 e 24 de setembro. No dia 01 de outubro o programa “TV Sintese” que vai ao ar às 13h10 na TV Atalaia irá apresentar um resumo de como foram as entrevistas.

Elinos Sabino (PSTU)
Aroldo Félix (UP)
Alessandro Vieira (PSDB)
Niully Campos (PSOL)
Valmir de Francisquinho (PL)
Cláudio Geriatra (DC)
Rogério Carvalho (PT)