Prefeitura de Japaratuba não apresenta proposta para atualização do piso

172

Em audiência realizada ontem, 25, com a participação da comissão de negociação, coordenação da subsede Vale do Cotinguiba e o departamento de Bases Municiais, a prefeita Lara Moura não apresentou proposta de como fará o pagamento da atualização do piso de 2022.

Ficou acordado na audiência que a prefeitura enviará ao SINTESE as folhas de pagamento de janeiro a maio para o sindicato fazer estudos. Após a avaliação do sindicato uma nova rodada de negociação será agendada.

Amanhã, 27, às 10h30 na subsede regional do SINTESE no Vale do Cotinguiba a categoria tem assembleia para definir encaminhamentos de luta pela atualização do piso do magistério para 2022.

A lei 11.738/2008 que criou e regulamento o piso do magistério no Brasil é explícita ao dizer que anualmente, no mês de janeiro, os professores e professoras das escolas públicas devem ser seus vencimentos iniciais atualizados.

E é sempre bom frisar que a lei do piso tem como objetivo valorizar o trabalho profissional do professor e da professora e não pode ser usada como justificativa para alterar planos de carreira e retirar direitos do magistério.