Professoras repudiam fala do deputado estadual Rodrigo Valadares por dizer que sindicato é como “mulher que gosta de apanhar do marido”

992

“É igual a mulher que gosta de apanhar do marido” estamos no ano de 2022 e ainda temos que ouvir essa frase. E o pior dita por um deputado estadual, que ocupa esse cargo porque foi eleito por homens e mulheres e está lá para defender os interesses do povo.

Essa frase foi ouvida por quem acompanhou, presencialmente ou pela internet, a sessão plenária da Assembleia Legislativa do dia 01 de junho e foi proferida pelo deputado estadual Rodrigo Valadares.

Em seu afã de desqualificar a luta empreendida pelo SINTESE na conquista e manutenção dos direitos do magistério, o parlamentar estadual não teve o pudor em proferir que “o sindicato é igual a mulher que gosta de apanhar do marido” tal frase que só revela a sua misoginia, machismo e total desconsideração com a luta das professoras e professores pelos seus direitos.

Por isso repudiamos veementemente a fala do deputado estadual Rodrigo Valadares, pois não podemos coadunar com a ideia de que um parlamentar ainda não consiga ver que falas como essas só incentivam o aumento a violência contra as mulheres, seja em seu ambiente de trabalho, seja em seus lares ou em suas atividades sociais.

Somos um sindicato que representa uma categoria que é majoritariamente composta por mulheres. São elas que mesmo sem condições de trabalho, com suas carreiras aviltadas e destruídas que continuam todos os dias, noites e finais de semana dedicando suas vidas a levar o conhecimento a crianças e jovens das escolas públicas.

A fala do deputado estadual que fez questão de dizer também ser apoiador do governo Bolsonaro e demonstrar que nada conhece da lei do piso do magistério, só nos deixa a certeza de que precisamos lutar ainda mais contra o machismo, a violência e o fascismo que toma conta do nosso país.

Coletivo de Mulheres do SINTESE “Maria José Filha”