Magistério de Carmópolis ocupa prefeitura em busca de audiência

209

Na manhã da última terça, dia 28, as professoras e professores das escolas municipais de Carmópolis, após assembleia, ocuparam o prédio da prefeitura.

O objetivo da ocupação foi agendar audiência com a prefeita Esmeralda Cruz, que tinha cancelado uma audiência no dia 09 de fevereiro e até então não tinha remarcado.

“Decidimos em assembleia ocupar o prédio da prefeitura e solicitar que a audiência seja marcada, temos pontos importantes a serem discutidos e não podemos mais esperar”, disse o professor Gilvanir Mendes, que é da rede municipal de Carmópolis e da coordenação da subsede do SINTESE na região do Vale do Cotinguiba.

O desrespeito aos direitos das professoras e professoras das escolas municipais. Essa tem sido a gestão de Esmeralda Cruz em Carmópolis.

As professoras e professores estão sem receber as férias dos meses de julho de 2022 e janeiro de 2023, o décimo terceiro tem sido pago de forma parcelada e o município ainda não fez a atualização do piso do magistério em 2023, apesar da lei ser explícita ao estabelecer que ela deve ser feita automaticamente a partir do mês de janeiro.

Após muita espera, o procurador do município atendeu aos professores, durante a conversa as professoras Emanuela Pereira diretora do Departamento de Bases Municipais e Maria Auxiliadora Silva, da coordenação da subsede, pleitearam que a administração liquide a dívida com relação ao décimo terceiro já no mês de março.

O procurador marcou audiência para o dia 16 de março. Nessa perspectiva o sindicato solicitou que a administração já apresente propostas de como fará o pagamento das férias e também da atualização do piso para 2023.

Reforçamos que a atualização do piso salarial é garantida, desde 2008, a professores e professoras da rede pública de todo o Brasil por meio da Lei Nacional 11.738.

A atualização deve ser feita de forma automática e assegurando os direitos da carreira, cumprindo decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ).