Prefeito da Barra dos Coqueiros descumpre promessa com o magistério

464

Professores e professoras da Barra dos Coqueiros em dia de paralisação ocuparam o prédio da prefeitura na perspectiva de que a administração de Alberto Macedo apresentasse proposta para o pagamento da atualização do piso de 2022 no percentual de 33,24%.

Professoras e professores ocuparam a prefeitura em busca de audiência com o prefeito Alberto Macedo

A administração, inclusive, descumpre própria promessa feita ao magistério. No dia 18 de março, em audiência com o a direção do SINTESE e comissão de negociação da Barra dos Coqueiros, tanto a secretária de Governo, Taline Matias, quanto o secretário de Educação, José Marques se comprometeram a apresentar, no dia 13 abril, a forma como a prefeitura pagaria a atualização do piso de 2022.

Para os professores e professoras a gestão barracoqueirense tem “empurrado com a barriga”, pois estudos feitos pelo SINTESE mostram que as receitas do município são suficientes para fazer a revisão de 33,24% para todos e respeitando a carreira.

Os educadores no final da tarde desocuparam o prédio e na próxima quinta, dia 05, às 10h na Escola Municipal Creuza Gomes será realizada assembleia para definir os próximos encaminhamentos de luta.