Inscrições abertas para a XVII Conferência Estadual de Educação

625

Nos dias 17 e 18 de novembro de 2022, o SINTESE realizará a XVII Conferência Estadual de Educação, um espaço democrático e coletivo no qual professoras e professores filiados e estudantes de licenciaturas poderão trocar experiências, debater e refletir acerca dos rumos da educação no Estado de Sergipe e no Brasil.

INSCREVA-SE AGORA!

Nossa XVII Conferência apresenta como tema gerador de amplo debate “Educação pública e democrática: reconstruindo o país” na perspectiva de promover uma análise para a categoria do magistério na sua função essencial de educadora e formadora de seres humanos emancipados, críticos e reflexivos, para além da sua própria autoformação.

CRITÉRIOS PARA PROFESSORAS E PROFESSORES PARTICIPAREM DA XVII CONFERÊNCIA:
-Serem filiadas(os) ao SINTESE ou se associarem no ato da inscrição;
-Inscreverem-se VIA INTERNET no www.sintese.org.br/conferencia2022 ou mediante entrega da ficha de inscrição preenchida na sede ou nas sub-sedes regionais do SINTESE.

CRITÉRIOS PARA ESTUDANTES PARTICIPAREM DA XVII CONFERÊNCIA:
-Serão disponibilizadas 100 VAGAS para estudantes REGULARMENTE MATRICULADOS em um curso de LICENCIATURA;
-Para isso os interessados devem se inscrever até o dia 10/11/2022 e efetuarem o pagamento da TAXA DE INSCRIÇÃO NO VALOR DE R$ 35 no site www.sintese.org.br/conferencia2022, devendo apresentar no ato do credenciamento o COMPROVANTE DE MATRÍCULA e COMPROVANTE DE PAGAMENTO.

CREDENCIAMENTO:
– Sede Central do SINTESE: Rua de Campos nº 107 – bairro São José – Aracaju/SE, das 08h às 18h, nos dias 10 e 11 de novembro.
– Iate Clube de Aracaju: dia 16 de novembro das 14h às 17h e 17 de novembro das 08h às 12h.

ESPAÇO CRIANÇA DE ACOLHIMENTO RECRIAR:
– Objetivando assegurar o direito à plena participação das Mulheres Professoras, particularmente das mães de crianças de 0 a 8 anos, o SINTESE disponibilizará em tempo integral a estrutura do “ESPAÇO CRIANÇA DE ACOLHIMENTO RECRIAR” no IATE CLUBE DE SERGIPE, local do evento, oferecendo, inclusive, espaço para amamentação;
– O material de higiene pessoal, vestuário (inclusive fraldas e toalha), medicamentos e alimentação deverão ser fornecidos pelas mães.

ALOJAMENTO E ALIMENTAÇÃO:
– O SINTESE NÃO assume as despesas com hospedagem, transporte e alimentação dos participantes;
– Os participantes que solicitarem alojamento deverão trazer roupa de cama e banho, bem como custear as suas despesas com a alimentação;
– O SINTESE buscará junto aos Restaurantes e Lanchonetes da região descontos para os participantes da XVII Conferência.

CONTROLE DE FREQUÊNCIA
– O controle de frequência se dará no stand de credenciamento por meio de carimbo nos crachás.No início e no final de cada turno o/a participante terá 30 minutos para registrar sua presença.
OBS: Para confirmar a sua participação, no último dia do evento o crachá deverá ser devolvido.

ATIVIDADES CULTURAIS E PEDAGÓGICAS:
– O Centro Cultural Paulo Freire é um espaço montado dentro do local da XVII Conferência, e concentra exposições sobre lutas históricas dos trabalhadores além de projetos e iniciativas que tenham como princípio a defesa do acesso a cultura e a diversidade.
– No espaço contamos com infra-estrutura composta por stands, telões e sistema de som que conectarão os visitantes do Centro Cultural com os debates que acontecem no Plenário.

LIBERAÇÃO DAS PROFESSORAS E DOS PROFESSORES PARA PARTICIPAREM DA XVII CONFERÊNCIA
– O SINTESE irá enviar ofício para a Secretaria de Estado da Educação e para as 74 Secretarias Municipais de Educação solicitando a liberação das professoras e dos professores nos dias letivos para participarem da Conferência, o transporte e a concessão de ajuda de custo para a alimentação.

 

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

OBS1: Os alojamentos terão vagas limitadas. Favor levar lençóis, travesseiros e materias de higiene pessoal.

OBS2: Não garantimos transporte individual e nem coletivo para os municípios que fazem parte da região Metropolitana de Aracaju.

OBS3: O ESPAÇO CRIANÇA é destinado para atender crianças de 0 a 8 anos. O lanche deverá ser enviado pelos pais ou responsáveis. Caso a criança seja PCD ou tenha comorbidade, o responsável deverá identificar o tipo.